Tag Archives: mercado

Mercados e feiras no mundo : Pointe-à-Pitre

25 jun

Um mercado colorido, mas difícil de fotografar. Muita gente, muita luz, reflexos da chuva que ainda molha o chão. Os vendedores não gostam muito das máquinas fotográficas e pedem seguido algo em troca. Corre um boato que eles têm medo de se descobrirem nos cartões postais.

Anúncios

Mercados e feiras no mundo: Ver-o-Peso

14 mar

O mercado Ver-o-Peso da cidade de Belém, no Pará, é um dos mais interessantes do Brasil. No seu prédio antigo, sob as tendas e nas ruas adjacentes, uma quantidade enorme de bancas e lanchonetes chama atenção dos clientes e turistas de visita à cidade.

Além de bananas, laranjas e outras frutas e verduras comuns no país, no Ver-o-Peso os produtos típicos do norte do Brasil são uma interessante descoberta : açaí, castanha do Pará ainda em sua casca, cerâmicas… No mercado também se re-descobre a mandioca. Além da raiz tal e qual e dos grandes sacos de farinha, também se vê a folha sendo moída, transformada.

Outra curiosidade do mercado que chama atenção, são as várias garrafas e sachês repletos de elixires e mandingas para curar todos os problemas existentes.

O Ver-o-peso é um verdadeiro concentrado de cultura. Imperdível!

Mercados e feiras no mundo : Les halles de Paris

28 fev

Já falamos aqui do mercado internacional de Rungis, situado próximo à capital francesa. Mas antes de existir Rungis, existia os Halles de Paris, um grande mercado bem no centro da cidade.

Les halles. Robert Doisneau, 1945

A história do mercado de Paris começa no século XII, quando uma feira alimentar é criada no atual segundo arrondissement (bairro). Aos poucos o mercado ganha forma, as peixarias se instalam, o rei François I se implica na reforma do local (que durará cerca de 30 anos). O mercado é o verdadeiro centro de abastecimento de Paris e por isso de grande importância no projeto político do país. Mas foi depois da revolução francesa e no governo de Napoleão, que o local começa a ser repensado. No século XIX, 10 pavilhões com armação em ferro e paredes de vidro são construídos no intuito de melhorar a organização e limpeza do mercado.

Limpeza do mercado. R. Doisneau, 1955

Oito séculos mais tarde, em 1962 o governo resolve definitivamente mudar o mercado de local, problemas de abastecimento, transporte e de higiene contribuem para essa decisão.

Les halles. R. Doisneau, 1968

O encerramento definitivo do mercado em 1969 deixa um vazio no centro de Paris. Protestos e petições não são suficientes para mudar a decisão. Os parisienses órfãos do grande mercado terão que mudar seus hábitos e virar uma página da história da capital.

Mercados e feiras no mundo : Rungis

21 fev

(c) Marché International de Rungis

O mercado internacional de Rungis, situado no entorno de Paris é o maior mercado de produtos frescos do mundo. Sem equivalente, nem mesmo nos países mais populosos como a China, o mercado de Rungis é chamado de “barriga do mundo” (le ventre du monde).

Continue lendo