Nespresso ou como vender banana a preço de ouro

29 jan

Parece que a grande moda nos dias de hoje é ter uma cafeteira para espressos, mas não qualquer uma. A moda é ter uma Nespresso, da Nestlé. Pois essa maquininha, vendida a partir de 170 € na Europa não se encontra em qualquer loja, não. Ela possui suas próprias boutiques de luxo, situadas nas ruas mais chiques de cada capital ou grande cidade. Suas cápsulas também não se encontram em qualquer supermercado. Os “grandes crus” da Nestlé são vendidos exclusivamente em suas lojas ou pelo correio. Na França por exemplo, quem não tem a sorte de morar em uma das 12 cidades eleitas pela Nestlé, deve preencher um longo formulário no site, para assim fazer parte do seleto club Nespresso e em seguida poder fazer seu pedido. Os preços só são revelados depois do longo processo, nada de poder se decidir antes de passar pela fase questionário. E quem trabalha, que não está em casa na hora que o carteiro chega com sua preciosa encomenda, precisa passar numa agência para recuperar o pacote. Ou seja, o fato de tomar um simples cafezinho  já virou uma penitência.

Bom, venhamos às cápsulas e ao café. Quem quer uma máquina de luxo deve pagar pelo café de luxo. Um café que não sai por menos de 0,40€. Um preço exorbitante se comparado ao preço do quilo do café, que na França se encontra a partir de 6 € (café arábica brasileiro vendido a granel). No site não é indicado quantas gramas de café possui cada cápsula, mas não é preciso ser economista para saber que a diferença é grande e que um quilo de café rende muito mais que 15 xícaras de espresso. E mesmo optando por um café mais caro, a diferença ainda será substancial.

Sem contar que, a famosa cápsula em alumínio vai direto para o lixo. Ah não, “nós reciclamos”. Bom, depois de ir buscar suas capsulas no correio, é preciso ir a um ponto de coleta com seu lixinho. Quem mora em cidades com coleta seletiva pode aproveitar, ou não, pois não é certo que nas usinas eles já saibam separar a borra de café do alumínio, como fazem o experts da Nestlé. Na França ainda não é o caso.

Parece que muitos são os consumidores que se deixam seduzir por Mister Clooney, pois o negócio vai de vento em popa. Mas parece também, que muitos  são os que se arrependem do tal investimento.

20 Respostas to “Nespresso ou como vender banana a preço de ouro”

  1. julianahack 9 fevereiro 2011 às 10:45 #

    Ainda mais surpresa quando me dizem que as ditas cafeteiras custam mais de R$ 700 no Brasil!

  2. Beatriz Sales 15 abril 2011 às 15:50 #

    E o pior eles não têm a menor consideração com o consumidor. Vejam o meu caso: Em 2009 comprei minha máquina Nespresso em Paris, com muito orgulho. Sempre fui uma cliente fiel e sempre fiz a maior propaganda, tanto pela praticidade como pela qualidade dos produtos. Pois imaginem que, na semana passada, a minha máquina Nespresso parou de funcionar. Entrei em contato com o Club Nespresso aqui no Brasil e sabem o que eu ouvi? Eles não dão assistência técnica para a minha máquina porque foi comprada fora do Brasil e aqui não há esse modelo. A atentendente ainda teve a coragem de me dizer que eu deveria ter informado ao vendedor, no ato da compra, que eu não morava na França!!!! Imaginem, se são os próprios vendedores que dizem que podemos comprar porque, se tem Nespresso no nosso país, estamos assistidos. A sugestão que me foi dada é a seguinte: eu entrego a minha máquina, pago mais 50% do valor de uma nova, pelo preço do Brasil!!!!!!! Acontece que no Brasil ela custa três vezes (sim, três vezes)o preço da França. Eles não se dignam nem a retirar a máquina e verificar se é um defeito básico que, quem sabe, pode ser consertado sem nem ao menos precisar de peça (não eles não podem mandar pedir a peça, eu perguntei!!!). Resumindo: cheguei a conclusão que a Nespresso não é a empresa que eu pensava, que não tem consideração com o consumidor, apesar de estar se propondo a vender um ‘artigo de luxo’, para um público exigente. Isso que dá comprar gato por lebre! NESPRESSO NUNCA MAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Arnold Esuasnegas 18 agosto 2011 às 4:19 #

      BOm saber. Assim nem passo perto!

    • Eulalia Noemi 9 fevereiro 2012 às 1:30 #

      Beatriz, até entendo a sua situação só que eles tem a garantia apenas de um ano e no seu caso mesmo que você tenha comprado na França o prazo de troca já se expirou!!!

      • Felipe MNP 13 novembro 2012 às 17:03 #

        Eulalia, entendi que a questão não é usar a garantia e sim ter direito à assistência técnica, mesmo pagando…
        Quanto ao preço, hoje mesmo (13/11) despencaram… A mais barata agora é R$ 1,50. Achei muito justo.

  3. finodemais 23 maio 2011 às 3:11 #

    Fica a dica, já vendem no Mercado Livre cápsulas reutilizáveis para Nespresso! Isso mesmo! Você compra um bom café gourmet em pacote e enche sua cápsula. E depois é só lavar e usar de novo!

  4. márcia 6 agosto 2011 às 8:45 #

    Oi gente:) eu em 2007 quase caí na tentação de comprar um Nspress aqui em Portugal, pois estava na moda. Tive um bar café meu e até mesmo esses já estavam a utilizar essa “mania” os ciber cafés tds já tinham adoptado esse sistema. Acontece que ao meu gênio mto conservador deixei-me estar plas convênionais. Hoje já não tenho meu estabelecimento, devido à crise Europeia ou “what ever” mas a minha maquininha de café em casa continua a de punho e café muido pra máquinas espresso e não nspresso…😀 ainda bem que não cai no conto do vigaro, a qual tbm fui quase quase vítima. Bjs adorei a reportagem, falou exatamente tudo o que penso acerca dessas máquinas.

  5. Ronaldo Alexandre 24 abril 2012 às 15:09 #

    Para os amantes do café espresso propriamente indico uma máquina superautomatica (como as da Saeco) o investimento inicial e alto mas o que você economiza depois na compra da matéria prima e absurdo! Sem contar que você mesmo escolhe o grão, a marca e sabe da qualidade! Imaginem em uma reunião de família no final da tarde quando você tiver que oferecer uma capsula para cada convidado? Essa máquina é modinha cara…

  6. César 22 agosto 2012 às 2:43 #

    Pessoal, entendo a posição vocês em relação a uma Nespresso, realmente o café é caro, porém, para quem APRECIA café é a melhor opção. Gosto muito de café e já tomei de todo tipo, em diversos tipos de máquina(inclusive tenho 4 diferentes, uma delas Nespresso). Na minha opinião é o melhor café que já tomei! Realmente, a capsula mais barata é R$ 1,90, mas pra quem gosta, vale a pena. Tem gente que paga muito mais do que isso em uma taça de vinho.
    Se você toma um cafezinho por dia, vai gastar R$ 57,00 por mês. Não acho muito, já que muitos Clubes de cerveja cobram R$ 80,00 por mês para mandar duas garrafas de 600ml.
    Além disso, conforme o “finodemais” falou, tem capsulas recarregáveis no Mercado Livre. O café não fica a mesma coisa que a capsula original, mas se você comprar um bom café espresso, fica bem melhor que as máquinas de grão que a gente vê por ai. Da pra servir pros amigos e parentes e guardar as capsulas originais pra você.
    Sobre a questão sustentável, realmente você tem que levar as capsulas usadas na Nespresso, o que pode ser difícil para alguns. Porém, a Coca Cola também usa latas de alumínio e não vejo as pessoas criticando isso.
    Ainda sobre a questão de comprar pelo site, acho totalmente inválidos os argumentos do artigo(preencher cadastro, não ter ninguém em casa pra receber) hoje em dia essa desculpa não cola mais! Então você não pode comprar nada de lojas virtuais, vai receber onde? Hoje quase todo mundo compra pela internet e todas as compras funcionam do mesmo jeito, tem que ter alguem em casa pra receber. Quanto ao cadastro, não é tão grande assim, e só tem que ser preenchido uma vez.
    Não vejo as pessoas reclamando por aí que uma Ferrari é muito cara, se você não pode ter uma, simplesmente não compre, compre um carro de acordo com o que você pode, mas isso não significa que a Ferrari é modinha, ou não presta.(somente um exemplo)
    Minha conclusão é: Quem aprecia café DEVE TER uma Nespresso! Independente do preço o café é indescritível! Muito bom! Em alguns casos, quem quer coisa boa tem que pagar caro, infelizmente.
    Se você não gosta tanto assim de café, recomendo uma Dolce Gusto, pois as capsulas são bem mais baratas e vendem em supermercados, embora o sabor do café não seja igual da Nespresso, tem variedade(capuccino, chá, etc).

  7. Henrique 9 novembro 2012 às 21:38 #

    Vc ainda nao percebeu que a voltagem na Franca pode ser igual a do Brasil (220 v),mas nao os ciclos (50 ou 60 hertz)? Salvo televisor, aparelho comprado na Franca queima no Brasil, apesar da voltagem igual.

  8. Leandro 15 dezembro 2012 às 0:43 #

    Concordo plenamente com o que escreveu o César em 22 de agosto de 2012. Temos no mercado vinhos, cervejas e todo tipo de produto para todos os gostos e preços que estamos dispostos ou podemos pagar. Os cafés da Nespresso são sensacionais.

  9. Rogério Ceni Coelho 10 abril 2013 às 22:22 #

    Comprei uma Nespresso U e estou muito satisfeito. Recomendo !!! A máquina é bonita, eficiente e faz um café excepcional. Não comprei da Nespresso.com pela internet pois o preço estava mais em conta em uma conhecida loja de Eletrodomésticos. O preço ficou igual ou até mais barato que de outras máquinas de expresso ou Dolce Gusto.

    Acredito que o Cesar tenha razão nos pontos que ele salientou. Para quem realmente gosta de um café, vinho ou cerveja, etc, investir em um bom produto faz toda a diferença.

    Abraços.

  10. julianahack 11 abril 2013 às 9:34 #

    Talvez falte mesmo mais opções no Brasil. Quem mora em São Paulo deveria ir visitar o Coffee Lab, na Vila madalena, e conversar com os baristas sobre bons produtos, ou fazer uma visita ao museu do café em Santos e descobrir a gama de cafés brasileiros que são vendidos na loja (para citar apenas alguns exemplos). No mercado central de Curitiba também há uma boa loja que vende crus especiais. Quanto mais próximo do momento em que o grão for torrado e moído, melhor será seu café.
    Certo, tem gente que paga muito mais por uma taça de vinho ou cerveja artesanal (ou mesmo uma camiseta branca de marca), mas esse não é o consumidor lambda. Também achamos que o café é um item de consumo diário, a não ser que você guarde seu nespresso para ocasiões especiais – como é o caso de bons vinhos e cervejas. Assim, deveria ser algo prático e acessível. Claro que nos dias de hoje fazemos compras pela internet que chegam pelo correio, mas não fazemos vir de outra cidade, para muitos bem distante, um pacote de arroz que será consumido no dia a dia. Nem precisamos preencher um cadastro com todos os nossos dados apenas para saber o preço do artigo. Também para tomar o café em casa a R$ 1,90 no mínimo, é preciso antes o investimento de R$ 700 (talvez o preço já tenha baixado bastante desde então, como diz o leitor, tornando o produto mais acessível e menos luxuoso, como era o caso há três anos), o que realmente não é nada para quem compra uma Ferrari, se formos pensar dessa forma. Não discutimos o lado prático para certos consumidores, mas queríamos alertar para o efeito de moda e como um bom marketing pode valer mais que o produto em si.

  11. Marcelo 12 outubro 2013 às 19:43 #

    Nespresso. Sou fã.

  12. Gil Manigrassi 27 novembro 2013 às 17:34 #

    NESPRESSO, a arte de vender o carro baratinho, depois… a gasolina carissimaa !
    Mas o brasileiro gosta!

  13. Michalzeszen 26 dezembro 2013 às 3:29 #

    Paguei R$287,00 na minha máquina (Ponto Frio), ganhei um bônus de R$100,00 de boas vindas para gastar com cápsulas. Á entrega da máquina demorou quatro dias úteis, enquanto que o café chegou em dois.

    Eu diria que a Nespresso é uma excelente escolha para quem quer ter a certeza de que irá tomar um café de primeira qualidade mesmo que não more nos grandes centros ou que não tenha conhecimento suficiente para correr atrás de grãos, como é o meu caso.

    Eu poderia comprar uma máquina de 15 bar de pressão por uns R$150,00, mais uns R$50,00 em um moedor, e então ir atrás dos grãos que me fizessem feliz, mas isso não é assim tão simples para quem não entende, e o que a Nespresso vende é a praticidade de ter o café ideal sem grandes transtornos.

    Por outro lado, meus pais preferem o bom e velho café coado, o que fez com que eles experimentassem apenas uma vez os 40 ml da Nespresso, logo ai perderam o encanto e voltaram para o bule. Isso mostra que a escolha depende dos seus gostos, se a máquina realmente irá lhe proporcionar praticidade (eu não recomendaria a alguém que já possuí um set completo de expresso e está satisfeito), e principalmente do custo final de tudo isso, afinal em uma família de cinco ou seis pessoas o cafezinho sairia por algo entorno de “dinheiro pra cacete” por mês…

    O grande problema é a compra por impulso. O negócio é bonitinho e fica bem em cima da estante da cozinha, então muita gente compra sem nem mesmo experimentar o café, e depois coloca no mercado livre pela metade do preço.

    A minha dica é: Se você é sozinho, ou mora com poucas pessoas, experimente o café em algum aeroporto ou shopping, e só após de atestar que o seu gosto para cafés combina com o que a máquina oferece, faça a compra. Mas não seja bobo, nas boutiques eles cobram no mínimo R$395,00, enquanto que uma rápida busca no google.com/shopping irá retornar valores inferiores a R$300,00. Lembre-se de que as compras no boleto ainda oferecem 10% de desconto na maioria dos grandes sites, o que torna o custo inicial ainda mais barato. Além disso a Nespresso.com faz promoções quase que continuamente, então sempre há algum mimo ao se comprar cápsulas. Além disso converse com os seus familiares previamente, e veja se realmente há interesse na aquisição. Se você é o único interessado, deixe claro que o bagulho é caro, e que utilizar a máquina vai custar no bolso deles.

    Em relação aos preços do café, apesar de ser caro, a Nestlé teve a decência de manter os preços compatíveis mundialmente. Utilizando como exemplo o Indriya from India, que é meu café predileto, seguem os preços hoje (25/12/2013):

    Cotações: US$:2,36; £:3,22 CHF:2,62
    Brazil: R$1,90
    Canadá: R$1,69
    USA: R$1,58 (dólar de hoje: R$2,36)
    Reino Unido: R$1,06 (euro de hoje: R$3,22)
    Espanha: R$1,28
    Suíça: R$1,49

    Como vocês podem ver a variação não é tão absurda. Eu acredito que essa diferença de R$0,41 do preço suíço (de onde o café vem) para o brasileiro fica nos custos de transporte e impostos. Não há o tal do “custo brasil”.
    Opcionalmente há o L’or, em diversos mercados, com cápsulas de R$1,00 + -.

    Por último e provavelmente mais importante, lembre de guardar o aparelho, seja ele qual for, que você utilizava antes de ter a Nespresso, assim sempre que aquela visita surgir você tem um método viável de oferecer um café. Opcionalmente compre um adaptador para a própria Nespresso, e utilize um pó comum quando eles surgirem.

    Abraços!

    • Gustavo Mata 18 janeiro 2014 às 1:33 #

      Alem de ja ser possivel comprar uma maquina Nespresso por menos de 300,00, tb ja se encontra capsulas compativeis com Nespresso. Aqui em BH, por exemplo, encontro facil em supermercados capsulas da italiana Corsini por 1,40. Ou as capsulas Dop, da Lucca Cafes, com variedades de cafes de diferentes regioes do Brasil, por 1,65 a capsula!

  14. Renata 17 maio 2014 às 18:26 #

    Quando me propus a descobrir o segredo de um bom espresso, me deparei com a máxima dos baristas, que são os quatro “m”s: mão, máquina, moinho e miscela (blend). Quem elaborou a nespresso, não deu um simples golpe de marketing, como sugere o post. Criou uma proposta interessante, para o consumidor final que não tem conhecimento da pressão adequada, tempo de extração, blend, torrefação, moagem e todos os outros fatores pra um bom cafe gourmet sem sair de casa.
    Minimizar isso, é tão falacioso e superficial quanto comparar o preço de um bom vinho borgonhês ao preço do kilo da uva..

  15. Rogério Ceni Coelho 19 maio 2014 às 13:37 #

    Fica aqui uma sugestão para quem quer saber mais sobre o mercado mundial de cafés.
    http://qz.com/207354/america-loves-k-cups-but-instant-coffee-rules-the-world

  16. uniq 12 dezembro 2014 às 14:33 #

    Acho sensacional a marca Nespresso seus produtos sao excelentes e a sua preocupaçao com a satisfacao do cliente e algo raro nos dias de hoje , adquiri uma maquina no Brasil a quase dois anos , ela com quase um ano de uso apresentou um problema e foi resolvido pela garantia, a dois dias atras o mesmo problema ocorreu , fiz a reclamaçao e hoje pela manha recebi uma maquina nova com kit de boas vindas , o que posso dizer sobre a Nespresso ? Realmente e uma marca premium que cumpre o que promete !!! Acho que todos nos devemos avaliar melhor essa questao de adquirir equipamentos no exterior , pois a vantagem de comprar fora por ser mais barato se transforma em uma enorme desvantagem quando precisarmos acionar a garantia , e tambem devemos entender se tem algo distorcido em relaçao aos precos cobrados por tudo no Brasil a culpa nao e da Nespresso,Aple,Sony,Nike, e tantas outras multinacionais que vendem produtos em nosso pais e sim de um governo corrupto que tributa de forma inescrupulosa tudo que nos consumimos nesse pais , quem realmente acha que viver no Brasil e caro ( e realmente e) pode optar em ir morar no exterior e nao so comprar a sua maquina de nespresso mais barato , como tambem carros ,casas, roupas ,saude ,educaçao e etc..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: